terça-feira, 23 de setembro de 2014

Lendo Nacionais - Digude

Após uma semana de folga, a nossa sessão "Lendo Nacionais" está de volta para apresentar mais uma história em quadrinhos feito em território verde e amarelo e como sempre, apresento uma obra que realmente vale a pena de ser lida, sem falar que o autor é um grande amigo virtual meu. Ativando a nostalgia em 3... 2... 1...

Digude

Sim! O nome da história realmente tem a ver com o que você está pensando: bolinhas de gude! Quando comecei a fazer quadrinhos, fui atrás de pessoas que também fizessem para conhecer e ter uma certa base para criar os meus. Eu esperava encontrar histórias criativas, claro... Mas Digude superou todas as minhas expectativas no quesito criativo. Não é fácil fazer um mangá esportivo, todo mundo sabe e isso piora quando se tem que apresentar um esporte praticamente criado. Até então, bolinhas de gude eram só uma brincadeira que eu havia deixado na minha infância, junto com o giz para desenhar o triângulo no chão e a minha bolinha tecadeira toda branca com um ponto de interrogação azul dentro. Mas Digude me fez reviver esses anos e ainda me apresentou a brincadeira de um modo competitivo como eu nunca esperava ver...

O autor é Vinicius de Souza, um carioca cheio de planos e provocador de nostalgias alheias! Professor de desenho e autor de quadrinhos, Vinicius não poupa esforços para fazer as pessoas se empolgarem com suas histórias.

Digude conta a história de Daigo, um rapaz que odeia bolinhas de gude por sua mãe ser uma jogadora profissional e ter abandonado a família para fazer carreira no esporte. Em uma realidade onde jogar gude se tornou mais popular do que o próprio futebol, seu pai arqueólogo, entrega uma pedra esquisita encontrada em uma escavação que guarda grandes poderes. Feras místicas foram aprisionadas dentro de pequenas pedrinhas e essa pode ser uma delas, e com isso Daigo tem o poder para jogar gude e ser bom o bastante para fazer carreira e alcançar a sua mãe.

Como se não bastasse enxergar gude como um esporte internacional, o lance das feras místicas dentro das tecadeiras foi genial. Sem falar que cada amigo de Daigo tem uma história paralela bem interessante mas sem perder o foco no aprendizado do esporte.

Digude possui 6 capítulos até então e a evolução no traço fica bem clara. O autor teve alguns contratempos para lançar o sexto capítulo devido a problemas com computador e perda de arquivos mas já recuperado, fez o lançamento no Anime Friends desse ano e também já está preparando o capítulo 7 pra não deixar o leitor na mão e levar finalmente o garoto Daigo para o seu primeiro jogo profissional de gude.

O fanzine pode ser comprado pelo blog do autor e uma prévia dos capítulos também pode ser lido através de lá. O link é: http://zinedigude.blogspot.com.br/

Eu fico aguardando ansiosamente pela continuação! Sucesso, Vini!

2 comentários:

  1. É muito Pica mesmo essa Hq, tenhos os 6 volumes e aguardando o 7.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Estamos juntos então! Aguardando o 7, Vinicius! xD

      Excluir