sexta-feira, 2 de fevereiro de 2018

Dicas de Quadrinista Nacional #01 - Rebeca Prado

Olá, aqui quem digita é Andressa Gohan e nesta série inicio uma breve resenha de fangirl babona do artista e do quadrinho por ele produzido (ou em parceria), para não somente divulgar o trabalho dos brasileiros como também despertar a curiosidade por adquirir material nacional de qualidade e quem sabe, até fomentar este mercado cada vez maior e diverso.

Quando se fala em quadrinho autoral brasileiro para quem não conhece e ainda está viajando em Nárnia é comum se pensar que somente é buscada uma temática regionalista, com lendas tipo Saci Pererê ou cópias do que é produzido em outros países (nada contra, inclusive), mas isso está longe de acompanhar a realidade. Temos trabalhos de ótima qualidade, temáticas de gêneros distintos, traços mais próximos do realista até os mais simples cartoons.

Em dezembro de todo ano é realizada a CCXP – Comic Con Experience queria ser rycaaa e ir em todooos  e sem sombra de dúvidas é o evento no Brasil que reúne a maior quantidade de artistas, tanto para os quadrinhos quanto para artes em geral e ali é possível encontrar trabalhos formidáveis e ficar sem dinheiros pelo ano todo porque gastei minhas economias todas. Alguns eu conheci por lá e outros pela internet, financiamento coletivo, enfim são muitas as formas de encontrar trabalhos de alta qualidade.

Muito se fala sobre apoiar o artista nacional e não tenho dúvidas de que adquirir material autoral é um lance que não só motiva o artista a continuar como também é algo que nos engrandece, pois é nossa marca brazuca registrada ali. Trabalhar com quadrinhos é uma coisa sobre-humana, despende tempo, planejamento, dinheiro, muito trabalho e na maioria das vezes está ali disputando espaço com outro emprego ou comissions que dão retorno financeiro afinal os boletos chegam meu beim mais rapidamente do que vender quadrinhos todos chora. Digo isso para que você leitor tenha uma breve noção de quão difícil é manter-se nesse mercado e valorizar esse árduo ofício.

Neste espaço do Estúdio Armon, você pode conferir algumas dicas de quadrinhos nacionais e indicação para conhecer nossos preciosos artistas, que ralam diuturnamente pra se manter nesse mercado disputado.

como não amar esse traço, genthy?
Rebeca Prado: tive a grande oportunidade de conhecer essa artista mineira delicinha de tão simpática, amo mineiros, levo todos pra casa e guardo no meu porão para sempre quando fui à CCXP/2015, através de uma busca meses antes no Catarse do financiamento coletivo por ela realizado (Navio Dragão) e chorei por mil dias e mil noites quando vi que o projeto já encerrava sua captação de recursos. O traço dela é inconfundível e mais fófis da galáxia mistura um pouco de aquarela, guache e nanquim, além de alguns trabalhos voltados para o digital. 
Em navio Dragão (que começou com uma webtira), ela fez várias tirinhas da viking (Lif) com o humor mais ácido que meu estômago possível, com personagens cativantes, um material com acabamento de alta qualidade e 100% colorido, com tiras exclusivas que incluem personagens da cultura geek, já li e reli várias vezes, assim como Baleia#3, também financiado no Catarse esse consegui apoiar ihulll que já possui uma pegada mais voltada ao lado pessoal da artista.

Página de Navio Dragão
Em Baleia #3 não tem como deixar de se identificar, ela fala de coxinhas, empadas, ganhei na campanha até um adesivo que é meu lema de vida “ninguém liga” que deixo colada na minha agenda de trabalho sou dessas.
Página de Baleia #3

A HQ também conta com uma participação especial de artistas convidados contando um pouco das zicas da vida, separados pela cor rosa/magenta, enquanto as artes da Rebeca estão em azul. Todas as HQs que citei possuem ao final uma explicação do processo criativo, rascunhos, enfim vale a pena de adquirir, é uma artista que vale muito a pena seguir. 
Um pouco mais sobre ela pode ser conferido no seu site e a compra de suas HQ’s aqui 
Ah mas você não falou do catioro mais fofolete do mundo “Carne”, das outras edições de Baleia, sim pequeno gafanhoto, pretendo citar apenas o que tenho e estes estão lista para compra assim que os boletos forem todos pagos. Além de atuar como professora, Rebeca Prado recentemente trabalha para o Estúdio da Maurício de Souza Produções como roteirista e planeja lançar Navio Dragão 2, para surtarmos de leve euforia dos fãs.
No link abaixo é possível conhecer um pouco mais sobre a artista em um Cast com a galera do Iconic:



Bom, galerinha esta é minha dica de quadrinista nacional e nos vemos na próxima indicação... Quem será? Mistérioooooo /o/

Nenhum comentário:

Postar um comentário