quarta-feira, 4 de fevereiro de 2015

Armon Entrevista: Gorick

Opa, beleza?

Uau, já estamos em fevereiro! Esse ano já começou em velocidade máxima e está passando muito rápido! A nossa primeira história em quadrinhos do ano já ficou pronta, a segunda também está bem encaminhada. Já conseguimos um novo integrante e nossa média de acessos aumentou um pouco. Isso nos deixa muito contentes! Bom, vamos à segunda entrevista desse ano que é com um grande cara conhecido como Gorick!

Não conhece? Conhece o site UPMangá, uma grande comunidade de desenhistas que vem crescendo nos últimos tempos? Um site onde desenhistas do Brasil todo podem postar suas obras para serem lidas por qualquer um, e o Gorick é um dos administradores que fazem essa mágica acontecer! Nós concedemos um bate papo ao pessoal do UPMangá por esses dias e agora eles que figuram no nosso site! Além de administrador do site, o Gorick também é roteirista e escritor de suas próprias obras! Sem mais delongas, vamos à entrevista?

Armon Entrevista: Olá, Gorick! É um prazer ter um representante da UPMangá aqui conosco hoje! Vamos começar revelando qual foi o seu primeiro contato com o mundo dos quadrinhos?
Gorick: Como a maioria dos brasileiros, acredito, nunca tive muito contato na infância além dos animes que chamávamos de desenhos. Mas se fosse citar, falaria de quadrinhos Disney como Tio Patinhas e também nossa premiada Turma da Mônica.

Armon: Como surgiu a UPMangá?
Gorick: Surgiu de um autor que queria sua obra publicada na internet, mas não queria apenas um blog, ele queria algo mais. Wilson Barbosa é o idealizador e diretor geral do site, meu parceiro e amigo. Podem atribuir a ele a existência do site. Para saber mais da nossa história clique no botão “quem somos” da home do site.

Armon: Você também faz quadrinhos? Caso faça, nos conte um pouco sobre.
Gorick: Eu não sei desenhar NADA, mas eu escrevo. Sou autor de uma obra (sem desenhos) no site UPManga, mas o que eu faço mesmo é um livro que estou desenvolvendo com elementos de fantasia e ficção além de um drama interno, quando estiver pronto ou publicado certamente divulgarei.

Armon: Qual é a sua função na UPMangá?
Gorick: Eu ajudo em tudo menos na programação, desde o marketing, planejamento, divulgação, atendimento, vídeos e etc.

Armon: Como é administrar um site onde artistas estão diariamente colocando suas preciosas obras?
Gorick: Compensador. Vale muito a pena.

Armon: Você acha que o quadrinho online vai substituir o quadrinho impresso?
Gorick: Só quando o tablet substituir o papel e todo mundo tiver o que vai demorar, na internet as pessoas não querem pagar por nada, e elas estão parcialmente certas, a internet é um meio democrático, mas pra manter autores é importante a impressão por isso pretendemos fazer algo a respeito disso em breve.

Armon: Para artistas independentes, a internet é um meio gigante de divulgação, mas alguns ainda partem para o impresso independente. Qual sua opinião sobre isso?
Gorick: Eu valorizo os dois, a internet é uma escola pra você aprender e testar a reação do público a seu talento, mas não é determinante se você se sairá bem numa editora, o impresso o retorno é imediato, mas também é limitado, depende do que cada um quer, mas eu recomendo começarem pela internet e evoluir para o papel ou ter outra forma de monetização que não seja vender o PDF.


Armon: Recentemente a UPMangá vem se levantando como uma grande comunidade de artistas. Tem amizade com muitos deles através do site?
Gorick: Sim, essa parte é uma das melhores, fiz bons amigos na UPManga, tão bons ou melhores que os da vida offline.

Armon: Você lê tudo que é postado? Quais são as suas obras favoritas?
Gorick: Não vou mentir dizendo que dá pra ler tudo, tem muita coisa postada lá. Eu leio algumas, e acompanho as que me interessam. O melhor pra mim até hoje foi “Interferência Disfuncional”, do qual fiz até um MMV(Manga Music Video).

Armon: Fora os nacionais, quais mangás você lê e quais são seus favoritos?
Gorick: Aku no Hana, Gantz e alguns outros, eu não leio tanto mangá por que não tenho tempo, entre ler livros, escrever o meu livro, trampar na UPManga, trampar no meu trabalho normal, natação e etc. Mas pretendo ler The Walking Dead no futuro.

Armon: Quais são os planos da UPMangá para o futuro?
Gorick: Tem as serializações que “NÃO ESQUECEMOS”, iremos fazer algo bem legal no formato mais ou menos japonês sem, no entanto cobrar demais do autor. Tem também projetos de uma revista nossa possível, mas ainda está engavetado, nosso upcast crescerá firme e forte e MMV’s, headshots, novos quadros e eventos irão acontecer em 2015.

Armon: Deixe uma mensagem para a galera que quer fazer quadrinhos, mas não encontra a inspiração necessária.
Gorick: Agradecemos nossos apoiadores, pedimos que se engajem em nossas propostas, que participem e que usem nossa rede social tanto como nosso blog e todas as funcionalidades do site, e que acreditem em nós assim como nós fazemos isso por que acreditamos em vocês. Ganbatte.

***

Bom, essa foi a nossa entrevista de fevereiro!
E se você ainda não conhece a UPMangá, corre lá porque tem muita coisa boa te esperando! É só clicar no link abaixo! Até a próxima!

Um comentário:

  1. Olá! Bacana a entrevista! Deu até vontade mesmo de conhecer o UPMANGá!

    Esse cara abre portas para as pessoas mostrarem seu talento. Merece muito sucesso!

    ResponderExcluir