quarta-feira, 26 de julho de 2017

[Novel] Simplesmente: Eu e Você! - Capitulo 03

Fala pessoal! Tudo certo?
Após dois meses, trazemos o terceiro capítulo da Novel que estamos lançando aqui no site, escrita pelo Saieso Seraos. Espero que estejam gostando desse novo segmento que começamos a trabalhar aqui no Estúdio Armon! Boa leitura!


Simplesmente: Eu & Você!
Autor: Saieso Seraos
Gênero: Romance
Revisão: Érica Y. Samizava

O Risco de Amar Alguém...
Quinta-feira, 8 de março de 2002


# 03

Palmas, Tocantins, Brasil

Dizem por aí que o amor é tudo em um relacionamento. Discordo em termos, posso afirmar e comprovar que apesar de “O Amor” ser mais do que essencial na vida de uma pessoa, se não houver o “respeito” de nada adianta; pois é através do respeito mútuo que podemos ver as coisas dando certo, progredindo e por fim, podendo presenciar um amor verdadeiro entre duas pessoas. Haverá confiança de ambas as partes e, assim, realmente poderemos afirmar que o amor é tudo, mas há alguns passos para que isto realmente aconteça.

Talvez seja este o motivo do afastamento entre eu e Lorena. Posso dizer que a culpa é minha, mas a distância - literalmente falando - tem sido a principal ponte para a ocorrência desses fatos, e bem, podem até me perguntar: – Não entendi...! Como assim? Distância? Vocês não moram perto um do outro? Isto não é desculpa, certo? – Claro, não existe desculpas quando você realmente ama alguém, distância não é desculpa pra isso, no entanto não foi o nosso caso...  Nem sempre moramos perto um do outro, foi um namoro duradouro até onde deu; mas, apenas nos víamos através da webcam, no início. Talvez, com o passar do tempo, manter um relacionamento duradouro nestes moldes fosse difícil, mas creio que tudo isso não passa de mera desculpa.

Roberto estava deitado na sala, em uma rede que não parava de balançar, fagulhas do passado retornavam à sua mente como se fosse aquele momento:

“Julho de 2009, época de veraneio, cidade de Conceição do Araguaia super lotada com a chegada dos turistas; por um período entre 25 e 45 dias, o local estará repleto de visitantes de várias regiões do país, gerando uma renda considerável ao comércio local. Quatro meses após conversarem, pela primeira vez, por telefone, Roberto e Lorena iniciaram seu namoro à distância, e maior parte do tempo eles se comunicavam online através do Orkut ou do Google Talk.

Eu fazia um curso com duração de 10 meses na área de informática avançada. Já ela, estava concluindo o ensino médio. Tempo em que os cartões telefônicos tinham seu grande valor, e mesmo que muitos não imaginariam que a telefonia móvel fosse avançar tanto em pouco tempo, nos contentávamos só em poder ouvir a voz um do outro através de um simples telefonema.

Naturalmente, um cartão com 40 unidades não era o suficiente para podermos ter uma conversa saciável, no mínimo eram 3 cartões, se bem que, independentemente da quantidade de cartões que fosse utilizado nas ligações, eram sempre pouco comparado com a quantidade de assunto que tínhamos para conversar e, por incrível que pareça, durante quase todo o dia, estávamos conectados através do computador. Sempre achávamos novidades para contar. As conversas eram divertidas, engraçadas e contagiantes, que até os próprios membros da família acabavam se intrometendo.

No período de férias, Lorena aproveitava ao máximo para conversar comigo. Tínhamos ideias parecidas além de inúmeros planos, isso porque mal nos conhecíamos, mas apesar disso, estávamos sempre falando do que gostaríamos que acontecesse, o que iríamos fazer no futuro, e claro, planos até de formarmos uma família. Em uma dessas conversas, Lorena me perguntou:

- Você virá este fim de ano para me conhecer

- Posso me programar para estar aí no natal, assim, além de nos conhecermos pessoalmente, terei a oportunidade de me apresentar formalmente à sua família. – afirmou Roberto.

- Nossa, será ótimo, estou muito feliz! Vou dar esta noticia pra minha mãe e minha irmã. Posso né?! – diz Lorena, com tom de imensa felicidade.

- Sim, lógico, pode contar a elas, sim. Espero que  não esteja incomodando sua família com minha decisão – complementou Roberto.

- De maneira alguma, meu amor, todos aqui de casa te adoram!

- Então está combinado, meu anjo.

O tempo passava. A data combinada para o encontro de Roberto e Lorena se aproximava. 
O que ambos não podiam imaginar é que nem sempre o que decidimos, o que queremos, ou sonhamos se realiza. O que irá acontecer? O destino prega peças, quem sabe, esteja reservando coisas boas a alguém.”

Voltando ao tempo presente, Roberto fica pensativo sobre tudo o que relembrara, confuso, relutante, imaginando se as coisas irão melhorar de agora em diante. Pelo seu ponto de vista, o risco de amar alguém a distância é realmente complicado, sem mencionar o fato de que as decisões tomadas podem lhe levar a um abismo sem fim, coração machucado é triste e monótono. Ainda se recuperava da dengue e, por ter tomado medicação indevida, acabou prolongando a enfermidade por mais de 2 meses.

***


Não deixe de acompanhar esta emocionante história romântica! Em breve o capitulo 4!

Até a próxima!

Nenhum comentário:

Postar um comentário